quinta-feira, outubro 11, 2007

O Sr. PM só pode estar a brincar!!!

José Sócrates apareceu hoje, em directo, nos vários noticiários da tarde (RTP1, SIC e TVI) a endereçar os parabéns aos portugueses pelo esforço demonstrado nos últimos anos, em que mantiveram o cinto apertado. Tudo em nome da redução do défice público para um valor abaixo dos 3% do PIB. Só pode ser brincadeira!!! Vejamos porquê?
Nos últimos dois anos de Governo socialista tive a progressão na carreira congelada, recebi uns miseráveis 20 euros de aumento salarial, vi aprovada uma legislação laboral que não recompensa o esforço dedicado aos meus alunos, deixei de ter a certeza de que terei direito à minha reforma, assisti ao aumento desenfreado de muitos dos impostos em vigor, enfim, em nada fui beneficiado pelo facto de ter contribuído com dois filhos para a renovação das gerações deste país!!! Na prática, o meu poder de compra e nível de vida baixaram. Se tivesse optado, como é cada vez mais usual em Portugal, por não casar ou não ter filhos continuaria a ter uma vida "abastada". Ora, o que recebi como recompensa de ter tido dois filhos? Um abono de família irrisório e um agradecimento do Primeiro-Ministro do meu país por ter apertado o cinto...
Em Portugal, a classe média continua a ser maltratada. Ora, num país que tende a "abrasileirar-se" do ponto de vista social (com uma classe média a "minguar"), não posso deixar de me revoltar contra um Governo que ignora os casais que têm filhos e que contribuem com os seus impostos para a economia do seu país. Infelizmente, o estilo de fazer política do recentemente eleito líder da oposição não augura nada de positivo para o futuro.
Pobre da nação que não protege aqueles que contribuem para o rejuvenescimento demográfico e relançamento económico do seu país.

2 comentários:

Luisa disse...

Espero que nada disto vá afectar o futuro do Pedro e da Diana.

AnaCristina disse...

Este ano lectivo a minha desilusão tem sido mais intensa... e tudo o que disseste corresponde à minha modesta opinião, também... Que tristeza de país este!