terça-feira, novembro 20, 2007

Choque tecnológico: o flop...

Está mais que visto que a oposição parlamentar ao Governo anda completamente moribunda. Felizmente que alguma comunicação social, com destaque para o jornal Público, trata de dar a conhecer as verdades que este Governo tenta sonegar...
José Sócrates veio a terreiro congratular-se com a criação de 106 000 novos postos de trabalho desde que o seu Governo tomou posse. É preciso descaramento!!! Num tempo em que o número de desempregados não pára de aumentar, o poder de compra dos portugueses decresce e o número de empregos qualificados e de caráter efectivo decrescem, só um Primeiro-Ministro imune à realidade pura e dura e viciado no marketing e propaganda políticas poderia vir para as televisões sorrir aos portugueses e dizer-lhes que a promessa da criação dos 150 000 empregos está prestes e ser cumprida.
Apesar dos partidos da oposição não terem estudado o tema em profundidade, os jornalistas do Público trataram de esmiuçar as estatísticas do emprego e descobriram que o Choque tecnológico não passa, de facto, de um Power-Point. Isto porque o emprego precário aumentou, a mão-de-obra qualificada diminuiu e o número de licenciados no desemprego disparou... Ou seja, continuamos no último pelotão da Europa!!!

4 comentários:

Anónimo disse...

Pelo menos um bom emprego José Socrates já criou. É só ver
o contrato milionário de João Pedroso (irmão de Paulo Pedroso) com o ME.
http://radioclube.clix.pt/noticias/body.aspx?id=2527
O ministério da educação tem juristas pertencentes ao seu proprio quadro,como todos os ministerios.
Porque não foi este trabalho entregue aos juristas do proprio ministerio?

Anónimo disse...

http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html

Curiosa disse...

Desvio-me do tema do post, mas gostaria informar sobre a

PETIÇÃO EM PROL DAS CRIANÇAS VÍTIMAS DE CRIMES SEXUAIS

Para estabelecimento de medidas sociais, administrativas, legais e judiciais, que realizem o dever de protecção do Estado em relação às crianças confiadas à guarda de instituições, assim como as que assegurem o respeito pelas necessidades especiais da criança vítima de crimes sexuais, testemunha em processo penal.

ASSINE e DIVULGE

COPIE O TEXTO DA PETIÇÃO E PUBLIQUE NO SEU BLOGUE E/OU ENVIE AOS SEUS CONTACTOS – ao divulgar já está a ajudar.

http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html

Bem-hajam.

Quintanilha disse...

Em Famalicão existe uma escola de formação profissional gerida pela CGTP com 83% de trabalhadores precários! Dez dos 12 professores do pólo Bento Jesus Caraça estão a recibo verde. O Recibo Verde é um instrumento contra o qual a CGTP luta (ou diz que luta!) e o PCP tanto contesta!

É caso para dizer: Bem prega Frei Tomás!
Nesta escola, 10 professores têm os mesmos deveres que os únicos dois do quadro, mas nenhum direito: não têm subsídio de férias nem de Natal, pagam do seu bolso a contribuição à Segurança Social e se perderem o posto de trabalho não terão subsídio de desemprego.
Dos sete pólos da escola profissional da CGTP, este deverá ser o mais problemático.

Maria Emília Leite, directora-geral da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, admite que este pólo, por “ter estado para fechar há dois anos”, é aquele que “merece mais atenção”. Esclarece, todavia, que o estabelecimento “respeita integralmente as regras do ensino particular e cooperativo”.

- Que seja imediatamente convocada uma grande manifestação seguida de uma greve para lutar pelos direitos destes trabalhadores em situação precária, e para cúmulo dos cúmulos, pagos pela CGTP!