quinta-feira, janeiro 26, 2012

Para não nos esquecermos...

Cavaco Silva falou, mas o país caiu-lhe em cima. Bem tentou demonstrar aos portugueses a importância de poupar ao longo da vida e que também ele vai ser alvo de cortes. Mas uma frase estragou tudo: "tudo somado, o que irei receber do Fundo de Pensões do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Aposentações, quase de certeza que não vai dar para pagar as minhas despesas". Cavaco Silva quis passar a imagem de um político poupado e que, inclusivamente, faz sacrifícios, mas esqueceu-se que a grande maioria dos portugueses não recebem, por mês, nem uma décima parte do que ele aufere. Voltou a tentar justificar-se, mas o caldo já estava entornado.

Há situações em que mais vale estar calado. Cavaco Silva perdeu uma boa oportunidade para o fazer. Pode ser que tenha aprendido de vez...

Fica o vídeo para memória futura.



video


Já agora deixo um vídeo com as declarações de um deputado do Parlamento Europeu que disse o que muita gente pensa sobre os políticos que temos. Recomendação de alguém que aqui costuma fazer umas visistas...



video

3 comentários:

daniel tecelao disse...

Muita gente se tem esganado para justificar o que Cavaco disse.
Lapso de lingua,dizem uns,acto falhado dizem outros.
Mas do que se trata é de uma revelação de carácter!!!

Anónimo disse...

E de alguma dor de cotovelo, diria eu...

Anónimo disse...

Só aqui entre nós... o sr. cavaco silva, tinha muito dinheiro proveniente das aldrabices que tem vindo a fazer enquanto pantomineiro da política nacional em regime profissional, pôs grande parte desse no BPN, aquele banco que o sr cavaco silva e outros do seu calibre inventaram... Por isso é que o dinheiro que deveria servir para o nosso bem estar, como as nossas reformas, a nossa segurança social, a nossa saúde, etc. (foi para isso que foi descontado e conforme patente nos meus recibos de vencimento) foi usado para SALVAR ESTE BANCO EM PARTICULAR...

Não digam a ninguém... mas foi isto que se passou...

um abraço