quarta-feira, agosto 27, 2008

Os russos devem andar loucos!!!

Os russos devem andar loucos! Com uma China que, na última década, tem vindo, sucessivamente, a mostrar ao mundo a sua capacidade de crescimento económico, a realidade russa foi esquecida da política internacional... Aliás, desde a implosão da URSS em 1991, que a Rússia tem dado ao mundo uma figura triste de si, com uma população que continua a querer emigrar, um nível de vida médio abaixo do razoável e uma minoria de milionários que enriqueceram à custa do conluio do poder político e da exploração das riquezas naturais do país. De resto, continuamos a ter uma Rússia que "sobrevive" à custa da sua dimensão geográfica, mas que, de resto, não se consegue impôr nas difíceis relações internacionais de um mundo cada vez menos bipolar...
A recente declaração do "Presidente-fantoche" russo Medveded de apoiar a independência de duas regiões da Geórgia, depois de uma vergonhosa e ilegal invasão em território alheio, apenas demonstra a necessidade que o "vilão" Putin tinha de avisar o mundo que a Rússia ainda existe... Agora que o estrago está feito, é tempo da comunidade internacional, com EUA e UE à cabeça, não serem complacentes com a estratégia russa. É tempo de isolar os russos, visto que está provado que com eles, o Ocidente não pode contar. A ilusão do Império Russo continua a ser uma pretensão do poder político russo.
Recorde-se que o conflito Rússia-Geórgia teve o seu início em 1999, quando os russos acusaram o Governo da Geórgia de apoiar os rebeldes Tchetchenos. Desde aí que os russos começaram, por vingança, a apoiar as pretensões dos revoltosos da Abcásia e da Ossétia do Sul. O precedente que foi o mundo ocidental apoiar a independência do Kosovo e as boas relações da Polónia e de alguns dos seus vizinhos com os EUA (o caso dos anti-mísseis com a fronteira da Rússia) só deram mais força às pretensões russas.
Agora temos a ameaça russa de mais uma Guerra Fria, com tendência para aquecer à medida que as eleições nos EUA se aproximam. Mais uma vez o mundo está refém do futuro Presidente dos EUA para puxar as orelhas aos russos. De resto, a UE prefere ir a reboque dos EUA. Como sempre...

2 comentários:

Shakti disse...

Sinceramente não sei bem no que isto tudo irá dar...esta ajuda dos Estados Unidos não está nada a ser bem vista pelos Russos...

bjs

Fénix disse...

As ferias acabaram...
Muito evoluíram os blogs na minha ausência.. Os Russos, sim, eu não estou inteirado de todos os factos mas uma coisa que não compreendo é porque dizes que pode rebentar uma guerra entre nós (UE) e eles. Que hipótese teria a Rússia a lutar contra meio mundo? Os próprios russos (a maioria, pobre, emigrante), estará contra o seu próprio governo, não? É um país fraco, pelo que consigo analisar, a fazer bullying ao país a que o podia fazer!