quinta-feira, outubro 11, 2012

É preciso descaramento!

Depois de termos visto Cavaco Silva lamentar-se de que a sua reforma não chegava para as suas despesas, só nos faltava assistirmos à triste figura a que se prestou ontem Paulo Campos em entrevista à SIC Notícias.
Agora foi a vez de Paulo Campos, o ex-Secretário de Estado das Obras Públicas dos dois governos de Sócrates e um dos principais responsáveis pela construção de auto-estradas inúteis e que apenas serviram para nos encher de despesas astronómicas ao longo das próximas três décadas, ter afirmado que o salário de deputado (no mínimo recebe 2500 euros limpos por mês) é insuficiente para a vida que leva. Paulo Campos chegou a afirmar que precisa da ajuda dos pais todos os meses para cobrir as suas despesas (uma delas, disse ele é a do ginásio!). É preciso ter lata!!!
Com a classe média a ser atingida com tantos cortes e o desemprego a aumentar, este irresponsável socialista que contribuiu, e muito, para o estado de pré-falência do nosso país, vem à televisão dizer que não se arrepende nada do que fez enquanto foi governante, que as obras eram necessárias e que, coitado, não tem contas bancárias no estrangeiro, nem favoreceu nenhum grupo económico e que, portanto, até vive com dificuldades, como todos os demais portugueses!!!
Só espero que a nova Procuradora Geral da República não seja tão passiva como o seu antecessor e leve à barra do tribunal este e outros irresponsáveis que quase levaram o país à bancarrota e que, pelos vistos, não têm a humildade de reconhecer os seus erros de governação. 
Fica aqui o vídeo para memória futura. É que contado até custa a acreditar...

video

10 comentários:

Anónimo disse...

APOIADO!!!!!!!!!!!!!!

Estes e outros irresponsáveis à barra dos tribunais (com isenção e sem olhar à cor política) e enquanto esperam o veredito que fiquem suspensos dos cargos desempenhados (sem remuneração) e bens penhorados!!!!

No fim, logo se vê.

Enquanto não lhes doer a m&rd@ que fazem não temos solução!

Júlio disse...

Este e o Cavaco deviam passar um mês com apenas mil euros no bolso para verem o que é a vida.

Anónimo disse...

Mil euros!???????????????!!!!!!

E porque não o salário mínimo?

daniel tecelao disse...

VIVE no ESTORIL NUMA DAS CASAS QUE ERA
DO EMPRESÁRIO JORGE DE MELLO (na Quinta Patino) e,
ao que alegadamente consta, é também proprietário de mais um lote anexo (tudo em nome de Sociedades Offshore).
VIVE SEM SE ESCONDER (pois nem pingo de vergonha tem) na sua mansão no Estoril, bem perto da escola de hotelaria, com uma excelente piscina sempre aquecida, no jardim casa de bonecas para a neta, com ar condicionado (vinda de um qualquer pais nórdico), com um casal de caseiros vindos da Colômbia expressamente para o cargo (muito útil pois não sabem uma palavra de português). A esposa actual (Xana, durante muitos anos, uma das muitas amantes que tinha, a quem oferecia carros topo de gama), esbanja em compras para ela e amigos (botas, roupas, animais - cada coisa na ordem dos 600 euritos, simples prendinhas numa tarde de ida às compras); ele oferece jantares em restaurantes in, caça no Alentejo com amigos, passeia às descaradas por Cascais e Estoril.

Tem um bruto empreendimento em Cabo Verde, na ilha do SAL
(O Sal é aquela ilha, onde o BPN criou umas "sucursais" e um banco mais ou menos virtual, com que se faziam umas operações de lavagem de dinheiro e fugas ao fisco, etc. etc... )
Mas viver lá, não vive!
Ao menos, se lá se escondesse, era porque lhe restava alguma vergonha...
Sei o que digo; não é notícia de net. É conhecimento de causa - testemunhado.

MAIS UMAS DICAS:

0 - Tem um processo de investigação em curso,
1 - Negou coisas que o seu chefe disse,
2 - Esteve muito ligado a um grande partido,
3 - Sabe fazer umas cantarolas,
4 - Também sabe jogar golfe,
5 - Desde há uns meses nunca mais se ouviu falar dele


· De quem falamos ????

(...ver resposta abaixo ...)

Dias Loureiro!... ILUSTRE COMPADRE DE CAVACO SILVA,
CUJA FILHA SE CASOU COM UM FILHO DELE


Há trinta anos, um advogadozeco "pé rapado", em Coimbra, a viver actualmente à grande e à fartazana,
à custa da impunidade que grassa neste Portugal.

É o dono do maior Resort Turístico da Ilha do Sal...
Alguém dá por ele na nossa imprensa?
O que nos leva a pensar tal esquecimento..?

Como vêem é fácil fazer esquecer um roubo superior a mais de 5 mil milhões de euros, quando se tem amigos bens instalados.

Pedro disse...

Tecelão, tem razão no que insinua. Só lhe faltou referir que nos últimos seis anos tivémos um PGR passivo em relação aos casos mais badalados, dos enriquecimentos duvidosos de gente ligada aos partidos como Dias Loureiro ou José Sócrates e contratos que levaram o país à falência como os realizados por Paulo Campos e outros.
Esperemos que a nova PGR não seja tão passiva como o seu antecessor...

daniel tecelao disse...

A situação a que o país chegou não se deve em exclusivo,como muita gente quer fazer crer,ás politicas dos ultimos 10 anos,mas sim a um sentido que el tomou a partir de Cavaco!!!

Pedro disse...

O Tecelão sabe que só nos últimos seis anos de governação socrática, os défices acumulados totalizaram mais de 50 mil milhões de euros, valor este que foi acumulado na nossa dívida pública?
E já nem vou aos défices acumulados durante os governos guterristas...

Anónimo disse...

É verdade! e o psd não tem mesmo nada, nadinha, a ver com isso!

Pedro disse...

Anónimo, não digo que o PSD esteve imune a erros de governação.
Mas, nos últimos 15 anos (os anos que levaram à duplicação da nossa dívida pública e à desmultiplicação de obras públicas inúteis) quantos anos é que foram de governação socialista? Vá, diga lá!!!

Anónimo disse...

Em primeiro lugar, e para que conste de forma a não haver equívocos, eu não tenho nem quero vir a ter nada, friso, nada, a ver com com esta nova espécie de máfia que nos tem vindo a governar de há quase 40 anos a esta parte!

Eu sou alérgico à filosofia «do partido político» seja ele qual for (para mim são todos a mesma m&rd@), onde, parece, na esmagadora maioria das vezes todos os elegíveis, seja para que cargo for, são os mais medíocres os mais sem valor possível, os mais amorais possível, os mais corrompíveis possível... são desta forma «mais maleáveis» aos interesses de quem manda verdadeiramente nisto tudo - O Dinheiro!

O resultado do que temos hoje é o resultado de anos de relacho, anos de subserviência ao grande poder económico (não, não sou comunista - é provàvelmente o partido a que mais sou alérgico - mas é um facto) todos se fartaram de ganhar dinheiro com esta pouca vergonha, todos menos quem trabalha para ter o essencial - o mínimo de conforto e comida para os filhos!

Quando digo que todos ganharam dinheiro com esta pouca vergonha, refiro-me àqueles de quem é hábito falar, ou seja, os políticos, os donos do dinheiro e (repare como sou alérgico ao comunismo) dos outros parasitas que vivem do esforço contributivo de quem trabalha e como eu PAGA TODOS OS SEUS IMPOSTOS À MÃE PÁTRIA, sim refiro-me àqueles que passam manhãs, dias, meses, anos em esplanadas de café a gastar os meus impostos - os parasitas, as carraças do rendimento mínimo - a maior pouca vergonha inventada pelo PS/PSD.

Sou muito a favor de ajudar um contribuinte, português ou não (também não sou nacionalista, sou é patriota... por enquanto!), que tenha tido uma vida de esforço, de trabalho, que tenha pago os seus impostos e que tenha tido um azar, isto é uma coisa!

Outra coisa são as cedências de carácter pseudo-social que os sucessivos partidos do governo fizeram à esquerda inconsequênte... dar O NOSSO DINHEIRO, a quem não merece sequer o ar que respira!

Lembro-me do dito proverbial «Quem não trabuca não manduca»

Retire-se essa vergonha e veja mais alguns trocos que se podem amealhar, não se preocupe que aquelas criaturas não morrerão de fome... continuarão a fazer os seus biscates não declarados ou a traficar toda a sorte de coisas ilegais, de fome morreremos nós que somos esmifrados exactamente como faz a máfia!

Um abraço deste que é um revoltado