quarta-feira, agosto 18, 2004

Quando a vergonha não tem limites...

A associação "Opus Gay" resolveu incluir o Santuário de Fátima, em concreto os seus wc`s, no rol de locais de "engate" para gays. Esta falta de respeito para com todos aqueles que vão a Fátima visitar o Santuário ou simplesmente fazer as suas preces é condenável a todos os títulos e só contribui ainda mais para que o clima de "hostilidade" entre a comunidade gay e a Igreja se intensifique ainda mais.
A comunidade gay costuma queixar-se da falta de complacência e de benevolência da Igreja para com os gays, mas o que dizer desta atitude de uma organização que "ataca" desta forma toda a comunidade católica portuguesa? Será que o movimento gay necessita de ofender os católicos para se fazer ouvir e "saltar" para as primeiras páginas dos jornais?
Incluir o Santuário de Fátima num guia de propaganda gay terá apenas como único objectivo injuriar os católicos portugueses, contribuindo, inevitavelmente, para que a maioria dos portugueses continue a não ver com bons olhos as pretensões dos gays portugueses, muito por culpa das atitudes levadas a cabo pelos seus dirigentes associativos. Quanto ao facto de os ditos sanitários serem utilizados para práticas homossexuais só merece um comentário: nojento... Depois, os gays que não venham queixar-se que Portugal é que é conservador...

1 comentário:

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »