sexta-feira, junho 20, 2008

Acabaram-se as férias...

Com a despedida da selecção nacional do Europeu 2008, chegaram ao fim as férias para jogadores e treinadores. Agora já poderão reflectir nos milhões de euros que os grandes clubes europeus lhes propõem...
Para além disso, acabou-se também a boa vida para os jornalistas que acompanharam de forma degradante e pouco profissional estas últimas semanas de futebolmania. A maioria das reportagens foram simplesmente inócuas e vergonhosas para uma profissão que se quer digna e séria. O sedativo acabou-se. Voltemos ao que interessa...

3 comentários:

Shakti disse...

Desculpa , mas não concordo...são opiniões , mas acima de tudo os jogadores não são só os milhões que ganham...depois eles não estavam de férias, se queres ir pelo dinheiro, ganhavam bastante bem por casa vitória e cada passagem seguinte , fora prémio de jogo que a nossa federação lhes dava ...os jornalistas apenas pecaram pelo massacrar de algumas noticias...não leves a mal , são educações diferentes e é por isso que o futebol move uma massa tão grande...uns amam e outros odeiam .

Bjs e bom fim de semana

José de Oliveira Povinho disse...

Pois é... o chamado ópio do povo!!!
Acho muito bem que cada um goste do que gosta, desde que isso não interfira directamente com os outros (frase feita mas carregada de conteùdo), é que o futebol que muitos amam, anda a vir-me demasiado aos meus descontos que, supostamente deveriam ser encaminhados para uma melhor qualidade na educação, na saúde, segurança,...
Acontece que estão a ser aplicados em coisas importantíssimas como os ordenados/tachos milinários de todos os (a meu ver) parasitas envolvidos e, ainda mais incrível, em dez mamarrachos que não servem para nada e ainda dão despesas mensais enormes! Na minha opinião, quem gosta dessa praga que é o futebol que o sustente, que pague o ordenado a tipos como o analfabeto do ronaldo, gostaria de saber qual o enorme feito da criatura para merecer ganhar num dia aquilo que o comum cidadão ganha em mais de um ano a trabalhar a sério!
Quem gosta de futebol que pague os zilhões gastos naquela vergonha a fundo perdido que foram os estádios, se o benfica, sporting, porto, etc. são realmente os maiores, que arquem com todas as despesas, se não poderem, paciência!
Declarem falência, não nos venham é tirar qualidade de vida ROUBANDO O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS.
Um abraço!

contradicoes disse...

Em Maio celebrou-se Fátima
ontem terminou o futebol
mesmo com alguma lágrima
regressamos ao nosso fado lol