quinta-feira, junho 19, 2008

Comprar? Para quê?

Que tipo de pessoas é que irão comprar um livro com a história de um Primeiro-Ministro ainda em funções e que é escrito por uma jornalista que trabalha para uma rádio pública?
Um livro que o visado afirma não ser a sua biografia oficial, mas que tudo fez para promover a obra, desde sessões de trabalho com a jornalista até à concessão de entrevistas...
Um livro que, tendo em conta o timing escolhido para a sua publicação, pode ser visto como autêntica propaganda pré-eleitoral...
Um livro que tem no título a expressão "menino de ouro", tão semelhante com a mais que criticada expressão "menino guerreiro" de Santana Lopes... Lembram-se da forma como os comentadores políticos criticaram o então candidato a Primeiro-Ministro?
Um livro que é escrito por uma jornalista da rádio pública e que a partir deste momento terá uma imagem de fuga à imparcialidade, dada a forma como neste livro não são aprofundadas situações, no mínimo, obscuras relacionadas com a forma como o Primeiro-Ministro obteve a sua licenciatura ou avalizou determinadas obras de engenharia...
O melhor mesmo para se ter uma ideia geral sobre o livro é fazer o que eu costumo fazer: ir à FNAC, fazer uma "leitura à Marcelo" e ver até que ponto este livro cheira a propaganda barata!!!
Volto a perguntar: o que levará alguém a gastar 25 Euros para comprar um livro destes???

7 comentários:

contradicoes disse...

Os amigos e os lambe botas que o rodeiam vão adquirir o livro e para provar que o fizeram vão-lhe solicitar um autografo. Mas também acredito muito pouco em qualquer êxito de venda.

Fénix disse...

Espera lá... Vinte e Cinco Euros???? Nem ameaçado de morte o comprava!!
O "menino de ouro" tem muita gracinha, primeiro apregoa desculpas por pisar o risco e agora faz, mais uma vez, (à moda do gira o disco e toca o mesmo), o mesmo jogo de sempre: os média. É de facto um defeciente "copy-paste" do morto-vivo (politicamente) Santana Lopes.
Quanto à jornalista (mais que contratada?), teve de ter sido uma de pouca carreira ou no minimo so conseguirá emprego na TVI, ao avaliar a sua (im)parcialidade...

José de Oliveira Povinho disse...

Sem comentários!!!
Mas muito chocado!!!


25 euros????!!!????????!!!


Isso dá-me quase para um quarto de depósito de gasolina!!!!


É preciso ter latose!!!

José de Oliveira Povinho disse...

Phónix!!!

25 euros...

José de Oliveira Povinho disse...

C'um caraças!!!!!

25 euros!!!!!!!

Rui disse...

"Já adquiri o livro,. Li-o de ponta a ponta e aguardo pela visita de S. Excª a estas bandas para lhe pedir um autografo que guardarei com todo o gosto"
Atenção: Isto é pura ficção de mau gosto e verdadeira tontice. Só por um ataque de selvagem e galopante estupidez o faria.

Deste homem já conheço bem mais do que aquilo que gostaria. Mais do que aquilo que seria necessário, não só a mim como ao país. E de tudo o que conheço não encontro nem uma razão para ficar a conhecer nem mais nem melhor.
A Eduarda Maio que me perdoe mas fracamente, entre este travestismo de "personalidade importante" e um livro do Paulo Coelho preferiria a estupidez ficionada do que a sem vergonhice biografada.
Tem toda a razão, não faltarão por aí lambe-botas a usar os "cobres" dos "tachos" para fazer o agrado do "menino de oiro". Só me apetece dizer: "Raio que os "prata"!
Um abraço:
Rui V.

José de Oliveira Povinho disse...

...!!!!....

25... euros!!!!!!

...!!!!......