quinta-feira, julho 31, 2008

Férias pelos caminhos de Portugal...

Agosto, mês de férias. Mas, isso não tem necessariamente de coincidir com confusão e multidão. Geralmente, este é o mês em que Portugal se "inclina" para o litoral, com milhões de portugueses (entre eles dezenas de milhares de emigrantes) e estrangeiros a deleitarem-se com o mar e o sol portugueses...
Para mim e para os meus, férias é sinónimo de sossego, descanso e descoberta. Por isso, eu, a minha esposa e os nossos dois filhotes estamos a passar as nossas férias da melhor maneira possível. Isto, claro, no nosso modo de pensar. Estamos a percorrer o país cultural e ambiental que temos e não apenas o país balnear, resumido às praias muito concorridas nesta altura do ano.
Depois de já termos visitado muitos dos belos castelos que possuímos, iremos percorrer, uma vez mais, as regiões minhota e duriense. Aliás, já há alguns anos que por esta época do ano nos deslocamos para o Gerês e partimos à descoberta do muito que esta região tem para oferecer aos forasteiros. Desta vez, com duas crianças de tenra idade a cargo iremos privilegiar o descanso entre o rio e o mar do Noroeste português e não tanto os caminhos pedestres minhotos...
Mas, pela primeira vez desde o nascimento dos nossos filhotes, iremos estar alguns dias em Lisboa, a fim de visitar o muito que a nossa capital e a região que lhe está em redor tem para oferecer: as deslumbrantes sete colinas e os seus bairros típicos, a riqueza cultural da Baixa pombalina, a animação do Parque das Nações e a grandeza arquitectónica da zona de Belém, mas também a alegria para as crianças do Jardim Zoológico, a beleza das praias da zona Oeste, o aconchego do Parque Natural Sintra-Cascais e a beleza da Arrábida... Muito há para ver e sentir neste Portugal longe da confusão balnear.
Há pois que dedicar por inteiro este período de férias à família, pelo que durante os próximos dias não irei frequentar a blogosfera. Assim, desejo umas boas férias a todos os que aqui me costumam visitar...

4 comentários:

Shakti disse...

Então boas férias para todos...divirtam-se bastante ...alguns dos locais que vais visitar estas férias já o pessoal de Lisboa o fez noutras alturas , por isso é que a maioria vai para outras paragens..mas eu gostava mesmo era de fazer umas férias no Gerês que ainda não tive oportunidade !!!

Continuação e até breve

contradicoes disse...

Umas excelentes férias caro amigo.O itinerário escolhido é sem duvida um dos meus preferidos. Aliás não compreendo com no nosso País existe tanta gente que diz conhecer o estrangeiro e não conhece Portugal.
Um abraço do Raul

Rui disse...

Boas férias!
Apenas me atreveria a sugerir que (talvez numa outra ocasião) dessem um "saltinho" ao Nordeste transmontano. Nomeadamente à região de Bragança: Parque de Montesinho e suas aldeias e à cidade propriamente dita ao mosteiro de Castro de Avelãs, ao museu àbade de Baçal à Serra de Nogueira ao moínho d'água de Terroso. Enfim o outro lado do circuíto turistico.
Um abraço e umas férias com toda a certeza, merecidas!
Rui V.

solquartocrescente disse...

Caro Pedro, gostaria de lhe perguntar uma coisa, pois lemos o seu post em relação a ter preferido fixar-se em Viseu em vez de Lisboa. Eu e a minha companheira também gostámos muito do interior e sentimos a mesma coisa, que viver numa cidade do interior compensa.
Em relação à Covilhã, donde nasceu, também acha que é uma boa cidade, ou Castelo Branco. Conheço bem Viseu mas não as outras duas cidades, embora saiba que são ainda mais calmas e pequenas.

Um abraço, muitas felicidades e pode responder aqui que vou voltando ao blog :)