domingo, julho 20, 2008

Sobre a possibilidade do casamento entre homossexuais, Ferreira Leite foi, como se esperava, séria e frontal...

A líder do PSD afirmou há pouco tempo que não existem razões objectivas para "atribuir o mesmo estatuto àquilo que é uma relação de duas pessoas do mesmo sexo igualmente ao estatuto de pessoas de sexo diferente". Ou seja, aqueles que apelidam de igual aquilo que é diferente não são sérios e apenas tentam camuflar a verdade à custa do politicamente correcto.
Alguns países governados por partidos de esquerda entraram na onda de legislar por forma a colocar na mesma balança homossexuais e heterossexuais no que toca à aquisição de determinados direitos cuja aplicação deveria requerer a existência de alguns pressupostos. É o caso do casamento, instituição basilar de qualquer sociedade que se queira sustentável, mas sobretudo o caso da adopção de crianças...
Tal como a concessão de beneficios fiscais exige que se cumpram determinados requisitos, também a concessão do direito ao casamento exige que se cumpra o requisito de estarmos na presença de duas pessoas de sexo diferente. Apelidar de retrógrados todos aqueles que são contra o casamento de pessoas do mesmo sexo apenas demonstra que a vitimização e o ataque pessoal são as principais estratégias utilizadas pelos defensores dos casamentos homossexuais. Qual a razão que os leva a não responderem a uma questão tão simples como esta: apelidar de igual aquilo que é diferente não constitui falta de seriedade na discussão pública deste tema?".
Existe alguma lei em Portugal que impeça que dois homens ou duas mulheres queiram viver juntos? Não. Agora quererem ter os mesmos benefícios de uma verdadeira família, fazendo de conta que dois homens juntos ou duas mulheres juntas formam uma família, é que é ter a atitude da avestruz: fazer de conta que o que é diferente é igual...
Por isso, revejo-me nas afirmações de Ferreira Leite: "A sociedade está organizada e tem determinado tipo de privilégios, tem determinado tipo de regalias e de medidas fiscais no sentido de promover a família". "Quanto aos casamentos gay, chame-se-lhes o que se quiser, não se lhes chame é o mesmo nome. Uma coisa é o casamento, outra é outra coisa qualquer".
Quanto à questão da procriação, apenas uma nota. Ao contrário do que Sócrates tem dito, Ferreira Leite não disse que a procriação é a principal função da família, mas sim um dos seus objectivos. E essa função, do ponto de vista biológico, a união entre pessoas do mesmo sexo não permite... Sócrates pensa que se torna mais moderno por se permitir o casamento entre homossexuais. Está redondamente enganado! Este não é um assunto de modernices...

11 comentários:

espirra canivetes disse...

Homossexuais...

Aaaaatchiiiim

Luisa disse...

Concordo inteiramente com a tua opinião.
Casamento é para duas pessoas de sexo diferente, tenham ou não filhos. Os homosexuais não estão impedidos de viverem juntos ou mesmo reclamarem alguns direitos na questão de heranças, etc. mas nunca lhes chamemos casamento.

Shakti disse...

Casamento , casamento em si não me faz qualquer diferença , afinal muitos deles já vivem juntos ...agora há uma coisa que eu não consigo imaginar e acho que nunca deveria existir..adopção por parte desses casais...eu até posso ser antiquada , mas se as coisas naturais assim fossem não era necessário um homem e uma mulher para gerar um filho (cria)...é apenas a minha singela opinião...

Bjs e boa semana

Intimidades disse...

A fiscalidade não pode olhar para a condição sexual. Cada um gosta de levar onde bem quer.
Veja-se o caso dos padres pedófilos.

Anónimo disse...

Onde fica a localidade de Abismo ?
No Céu ou no Inferno ? Teremos que passar pelo Limbo ?
Esclareçam-me.

Pedro disse...

Não tenho por hábito responder a anónimos, mas desta vez, vou fazer uma excepção.
O cartoon apresentado tenta fazer passar a mensagem de que a continuar com a espiral de banalização das relações homossexuais e a sua equiparação ao verdadeiro conceito de família (base da sociedade geracional), com a possibilidade dos gays se poderem casar, de terem benefícios fiscais iguais aos de um casal com filhos ou de poderem adoptar crianças, entre outras questões, então estaremos a caminhar para o abismo, ou seja, para uma sociedade que tenta esconder a realidade: o que é igual deve se visto como igual e o que é diferente deve ser visto como diferente!!!
A união, baseada no amor, entre duas pessoas de sexo diferente e base de uma família, com possibilidade de gerar fruto (descendência) não pode ser vista de igual forma como a união de duas pessoas do mesmo sexo. Tão simples como isso...
Mas, enfim, cada um tem a sua opinião!!!

Perla disse...

Isto ainda vai fazer correr muita tinta!!!
Mas as modernices vão pegando... porque quem não for na onda é apelidado de retrógrado!

Gostei daqui.

"O Cardeal" disse...

Já muitas vezes disse que cada um tem prazer da forma que muito bem entender desde que se sinta bem e não me incomode. Sem falsos moralismos. Eu até acho que toda e qualquer relação sexual deverá resultar em parto. Tambémm penso que o caso da pílula tamnbém é um modernismo.

José de Oliveira Povinho disse...

Já comentei de outras vezes este assunto, em blogs diferentes, e fui apelidado de retrógrado, cro-magnon, etc.
Mas não me importo com isso, a homossexualidade é uma coisa e a heterossexualidade é outra!
Somos diferentes uns dos outros, não compreendo por que carga de águas insistem em afirmar que somos iguais!!! NÃO SOMOS!
Acho que está tudo dito

Um abraço

José de Oliveira Povinho disse...

Estou farto do politicamente correcto que nos inibe de ser e dizer o que realmente pensamos com receio de represélias!!
Considero que todos devemos dizer o que sentimos, devendo igualmente respeitar as opiniões de cada um! É nesta base que a sociedade evolui.

Anónimo disse...

Bom, eu acho muito errado homossexual casarem, uma por que imaginem quando eles for adotar uma criança, o que vai se passar na mente de uma criança.
Deus fez o homem e a mulher p/ se tornar um só corpo, p/ criar frutos. Assim a mulher p/ com o homem.

Imaginem Deus vendo tudo isso, o Senhor que vez o Céu e a Terra e ao sexto dia fez o homem. O homem com a semelhança dEle.
Mas diz Deus o Todo Poderoso, que o mundo já és do maligno.

Vc que é homossexual deixa Deus entrar no teu coração, deixa Deus abitar no teu interior, olha os vazios que estão dentro de ti. JESUS O AMA!!!

Jesus quer encher esse vazio que há dentro de vc?

Fica todos com Deus!!!