segunda-feira, maio 17, 2004

Finalmente...

Passados oito anos de jejum, finalmente a equipa de futebol do Benfica conquistou um troféu e, logo, contra a equipa que ao longo da presente época mais deu nas vistas na Europa do futebol.
Em 120 minutos de muita emoção e espectáculo, o Benfica suplantou a equipa de Mourinho, que lá foi sobrevivendo ao ímpeto vermelho, muito à custa da arte de Deco.
No final, valeu a festa do Glorioso por todo o país e, ficámos com a certeza que o treinador do Porto está perfeitamente ao nível de Pinto da Costa. Ou seja, quando perde, não se sabe comportar e as declarações que proferiu no final do jogo só demonstra que a arbitragem, mesmo quando imparcial, tudo justifica para as mentes mais deturpadas.
Parabéns BENFICA! E, uma justa homenagem aos benfiquistas Féher e Baião.